15 de janeiro de 2009

Ecoturismo: entrevista com Helio Hintze (ESALQ) sobre a utilização do prefixo 'eco'

Fonte: [Rádio CBN, 11'20"].

Ouça a entrevista com Helio Hintze sobre "Ecoturismo na cultura de consumo: possibilidade de educação ambiental ou espetáculo?", tema de sua dissertação de mestrado na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ-USP).

Assine nosso Feed ou receba os artigos por email.

4 comentários:

Luiz Bento disse...

Muito interessante a entrevista, pega vários pontos conceituais e a hiper utilização do termo eco. Como gould dizia, Haeckel não gostaria de como estão utilizando o seu termo. Não só pelo prefixo eco, mas pelo mau uso do conceito ecologia em si.

O único ponto da entrevista que eu fiquei um pouco confuso foi quando ele disse que Ecoturismo é uma atividade ligada a Educação Ambiental. Acho que aí caímos em um outro buraco. Muita gente diz que faz educação ambiental mas na verdade está fazendo apenas ensino de ciências. A educação ambiental é mais fortemente ligada a educação em si e a parte ambiental é um complemento. Por isso nós ecólogos pensamos às vezes que estamos fazendo educação ambiental, mas estamos longe disso. Se pegarmos um agente de turismo ou outro profissional da área a distância é ainda maior.

Abraços.

Saci disse...

Luiz, concordo que educar é muito mais abrangente. Existem alguns casos, embora raros, em que empresas de turismo contratam bons biólogos, geólogos, etc, para monitorar expedições em ambientes lindos, bem preservados, e também para locais que evidenciam problemas ambientais. A resposta varia muito de acordo com a pessoa, mas tive a experiência de ver como isso pode mexer com a percepção de mundo e, com muita sorte, com a consciência e o modus operandi. Utopia? Talvez.

Helio Hintze Blog disse...

Caros Luiz Bento e Saci

Sou Helio Hintze, autor da dissertação. Agradeço inicialmente vocês comentarem a entrevista e gostaria de acrescentar alguma coisa para que possamos, quem sabe, ampliar o debate:
Utopia... Saci, quando voce coloca o ponto de interrogação ao final da palavra utopia - formando uma pergunta - permita-me brincar e colocar uma exclamação e tornar a pergunta uma afirmação:
Utopia!
e um sonoro SIM!!!
utopia no sentido daquele norte magnético que nos move em direção a algo diferente (melhor!?) do que aquilo que vivenciamos hoje. Utopia no sentido do possivel, nao no sentido degeneratório de "sonho impossível"... Pelo jeito, você o Luis e eu acreditamos em algo que está mais além do que aquilo que temos hoje. Vamos buscar!

Luis:
Quando você fala: "O único ponto da entrevista que eu fiquei um pouco confuso foi quando ele disse que Ecoturismo é uma atividade ligada a Educação Ambiental. Acho que aí caímos em um outro buraco. Muita gente diz que faz educação ambiental mas na verdade está fazendo apenas ensino de ciências" precisamos esclarecer algumas coisas:
1. conceitualmente o ecoturismo deve sim levar em consideração a dita Educação Ambiental (além de envolvimento das comunidades locais e a tão falada sustentabilidade)
2. O que é Educação Ambiental? assim como o próprio ecoturismo é um conceito polissemico e cada um "faz" Educação Ambiental de um jeito (daquele que "acha" que é...), normalmente sem o devido cuidado para as questões de fundamentação teórica, etc.
3. O jeito com que se trabalha Educação Ambiental, concordo com você, mais parece uma aula de ciências "ao ar livre" ... o que não funciona lá muito bem, se levarmos em consideração o potencial que o "estar na natureza" tem para a des-construção de nossos valores contemporâneos...

Vamos nos falando.

Meu email é heliohintze@yahoo.com.br

Amplexos fraternais

H

Saci disse...

Helio, é uma honra receber sua visita. Sobre algo diferente, utópico no sentido do possível, escrevi junto com André Nogueira uma singela canção. É para um amigo da vanguarda, que aproveita até resto de comida que sai de suas tripas. Isso nos inspirou em algum momento e aqui transcrevo a letra. Se você quiser te mando uma gravação tosca. É o nosso próprio combustível.

"Não ria de mim se acredito em composta
Faço bom uso da bosta
Com uma boa proposta
Eu observo a natureza
Tenho toda certeza
O mundo vai mudar
De dentro pra fora
O amanhã começa agora
Vai ser incrível
Cagar o nosso próprio combustível"

Abraços, Saci